© 2019 por Poloni.Trade

  • Poloni.Trade

InformCoins - principais notícias no universo dos criptoativos | 22/12/2019 a 28/12/2019

YouTube censura conteúdo sobre criptomoedas


O YouTube, maior plataforma de compartilhamento de vídeos do mundo e um dos maiores buscadores da web removeu vídeos relacionados a criptomoedas.

A partir do dia 23/12, vários youtubers que produzem conteúdo sobre o universo de criptoativos relataram ter seus vídeos excluídos da plataforma sem nenhum aviso prévio. Os vídeos foram marcados como “violações das diretrizes de conteúdo” e “nocivos ou perigosos”.

O caso teve mais repercussão após um Tweet do youtuber Chris Dunn, que produz conteúdo sobre criptomoedas para a plataforma há mais de 10 anos e possui mais de 200 mil inscritos e 7 milhões de visualizações. Dunn escreveu: “O Youtube removeu a maioria dos meus vídeos sobre criptomoedas alegando “conteúdo nocivo ou perigoso” e “venda de mercadorias regulamentadas”… faz 10 anos que eu produzo vídeos, mais de 200 mil inscritos e mais de 7 milhões de visualizações. Que P**** vocês estão fazendo Youtube?”

Outros canais afetados foram o canal sueco Ivan On Tech, os canais brasileiros Bit Nada e Cripto Chaps e o canal Node Investor.

O YouTube respondeu ao site Decrypt que: "Com o grande volume de vídeos em nosso site, às vezes fazemos a ligação errada. Quando percebemos que um vídeo foi removido por engano, agimos rapidamente para restabelecê-lo".


Fontes:

Cointelegraph

Decrypt - Notícia 1

Decrypt - Notícia 2

Cointimes

Livecoins - Notícia 1

Livecoins - Notícia 2

Guia do Bitcoin


Volume de negociações P2P de Bitcoin atingem recorde histórico na Venezuela e Argentina


Na semana passada (15/12 a 21/12), a plataforma de negociação P2P, LocalBitcoins, registrou aumento histórico do volume semanal de negociação BTC na Argentina e na Venezuela. Os dados são do site CoinDance e apontam que cerca de 248 bilhões de bolívares foram negociados na LocalBitcoins na Venezuela, sendo quase 21% a mais que o volume negociado no início do mês de dezembro.

A Argentina, embora não tenha movimentado o mesmo volume que a Venezuela, cerca de 32,6 milhões de pesos argentinos apresentou aumento de mais de 50% em relação à semana anterior (08/12 a 14/12).

Especialistas acreditam que as crises político-econômicas dos países podem estar causando os picos de investimento.


Fontes:

Cointimes

Cointelegraph

CoinDance

Guia do Bitcoin


Coréia do Sul entra na corrida para criação de criptomoeda do banco central


O banco central da Coréia do Sul, o Banco da Coréia (BOK), planeja a organização de uma equipe dedicada à pesquisa de moeda digital do banco central em 2020.

Segundo a "Política Monetária para 2020", publicado em 27 de dezembro, o BOK disse que continuaria a suas pesquisa sobre tecnologia blockchain, ativos digitais e CBDCs.

Além do recrutamento de especialistas para a equipe de pesquisa, o BOK também estará ativamente envolvido com o Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) e outras entidades internacionais monetárias relevantes para acompanhamento do desenvolvimento das CBDCs em outros bancos centrais.


Fontes:

Decrypt

Cointelegraph


Continue acompanhando semanalmente nossa coluna de notícias e esteja sintonizado com os principais acontecimentos do universo das cryptocurrencies.


74 visualizações