• Poloni.Trade

InformCoins - principais notícias no universo dos criptoativos | 15/12/2019 a 21/12/2019

Títulos de dívida com tecnologia Blockchain são emitidos pela 1ª vez no Brasil


A empresa carioca Piemonte Holding, gestora de fundos internacional que atua no Brasil desde 2012, realizou no dia 16/12/19 a emissão do primeiro título de dívida (também chamado de debênture) através de blockchain no Brasil.

A debênture é uma forma de captação de recursos de terceiros que uma empresa pode realizar através a emissão de uma dívida. A emissão da dívida via blockchain do dia 16/12 foi a segunda emissão da Piemonte, sendo que a primeira não utilizou a tecnologia.

Para a realização deste marco na história do setor financeiro brasileiro, a Piemonte se associou à fintech estadunidense Horizon Globex. Antes deste feito da Piemonte, apenas o Banco Mundial na Austrália, o Santander na Espanha e o Société Générale na França haviam feito tal emissão utilizando a tecnologia de blockchain.

A emissão da dívida via blockchain foi no valor de R$ 66 milhões, distribuída entre 440 títulos para cinco investidores. A blockchain utilizada para a emissão deste que é considerado um Security Token foi a Ethereum.

O presidente da Piemonte, Alessandro Lombardi, comenta sobre o acontecimento:

"Foi o início de um caminho. Mas no futuro, com uma regulação por parte do Banco Central e da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), esse pode ser excelente instrumento para as empresas se financiarem por meio do mercado de capitais".

Fontes:

Piemonte Holding

Cointelegraph

Livecoins

Moneytimes


Iniciativa de Greta Thunberg receberá US $ 1 milhão de CEO da TRON


A iniciativa da ambientalista nomeada “Pessoa do Ano 2019” pela Time, Greta Thunberg, receberá US$ 1 milhão de Justin Sun, CEO da criptomoeda TRON e BitTorrent, para a redução das emissões de carbono no mundo.

A inusitada doação foi comunicada através de um tweet do empresário no dia 18/12/19. Sun escreveu:

“Como jovem empreendedor, compartilho a paixão de mudar o mundo de @GretaThunberg. As cripto contribuirá imensamente na redução da pegada de carbono através da implementação de assentamentos descentralizados. Eu gostaria de comprometer pessoalmente US $ 1 mil para iniciativa de @GretaThunberg. #cop25“.

O caso aconteceu após a participação de Greta e outros jovens ativistas ambientais se reunirem em Madri em evento das Nações Unidas para discutir e exigir decisões políticas contra as mudanças climáticas.

Fontes:

Livecoins

Cointimes

Decrypt


AMF autoriza ICOs na França


O Autorité des Marchés Financiers (AMF), entidade reguladora de mercado financeiro da França aprovou a primeira autorização para ICO no país no dia 17/12/19. A oferta partiu da French-ICO, a primeira empresa no país a conseguir a aprovação da Lei do Plano de Ação para Crescimento e Transformação de Negócios de 11 de abril de 2019, a qual estabelece um regime específico para criptoativos e ICOs na França.

O site oficial da French - ICO informa que a oferta do token iniciará em 1º de março e terminará em 1º de junho de 202 com venda limitada a US$1,1 milhão. O AMF esclareceu que sua aprovação é somente para a ICO e não um endosso para seus emissores. Segundo o regulador:

“O documento informativo aprovado pela AMF refere-se apenas a uma ICO durante um período que não pode exceder seis meses e é válido apenas pelo período da oferta descrita no documento informativo”.

O AMF também acrescentou que o novo regime trará uma promoção e desenvolvimento das ICOs, porém se aplica apenas à emissão de tokens de utilidade, não garatindo a aprovação de STOs pelo regulador.


Fontes:

Cointelegraph

Guia do Bitcoin


Cidade de New Orleans declara estado de emergência após ataque ransomware


Um ataque de ransomware iniciado em 13/12/19 forçou New Orleans, Louisiana, EUA a desligar todos os computadores e declarar estado de emergência no dia 16/12/19. A confirmação do ataque foi realizada pela prefeita da cidade, LaToya Cantrell, em uma coletiva de imprensa, bem como em um tweet pela conta oficial da cidade.

A cidade foi atingida pelo ransomware Ryuk, o qual sequestra os dados de computadores e os criptografa, cobrando alto resgate em criptomoedas, neste caso Bitcoin, para a liberação dos arquivos.

Uma das medidas de resposta ao ataque foi solicitar que funcionários desligassem e desconectassem os computadores do sistema de endereços públicos da prefeitura. Outra medida foi o desligamento dos servidores da cidade. .

O site BleepingComputer, divulgou que um dia após o início do ataque um usuário com IP localizado nos EUA enviou arquivos ​​suspeitos para verificação no site VirusTotal. Um analista chamado Colin Cowie encontrou no dump de memória referências à New Orleans, incluindo diversos nomes de domínio, DNS, endereços IP de internos, nomes de usuário, compartilhamentos de arquivos e várias referências ao Ryuk.

No momento, alguns serviços como o departamento de bombeiros e os correios da cidade continuam em funcionamento normal. Outras empresas e entidades ligadas à prefeitura estão sem sistema.


Fontes:

Livecoins

BleepingComputer

Tech Crunch

TNW

CanalTech

Naked Security by Sophos


Continue acompanhando semanalmente nossa coluna de notícias e esteja sintonizado com os principais acontecimentos do universo das cryptocurrencies.

0 visualização

© 2019 por Poloni.Trade