© 2019 por Poloni.Trade

ANÁLISE BITCOIN – 28/08/2019

BTC abriu o dia com valor de mercado de $10.185, alcançando máximas de aproximadamente $10.220 e mínimas de $10.060. As previsões do dia anterior se mostraram corretas, uma vez que o valor do ativo realmente rompeu as margens pré-estabelecidas de suporte de $10.200, no entanto, sem muitas alterações significativas. Ao observarmos a partir de uma análise de período longo (1 dia), podemos observar o prosseguimento da tendência anteriormente comentada, onde cada vez mais, existem fatores que contribuem para a aproximação das médias móveis. Além disso, é possível observar também uma relativa estabilidade do fluxo de transações, sendo claramente representada no volume total de ações realizadas no mercado, um volume de segunda ordem quando comparado aos momentos de grandes variações de preço do ativo, como, por exemplo, do início até metade do mês de julho, onde esses volumes encontraram picos de até 150.000 transações. Tais valores por si só não indicam desaquecimento do mercado, porém oferecem margem para especulação de reversão de tendências e movimentos antes iniciados, podendo ser usado como exemplo o momento de sobreposição da média móvel curta em relação às outras. Logo, ainda que tais volumes de ações acumuladas some positivamente no quesito de especulação, o contraste entre os valores adquiridos e os candles de representação gráfica sinalizam um possível engano ao tomar como positivos os indicadores no volume de ações, sendo majoritariamente presentes candles com base da coluna pequena e sombreamentos variáveis no sentido de compras e vendas do BTC.


Partindo para uma análise de curto período (1 hora), conseguimos perceber o movimento de queda iniciado no dia 27 que se continuou na madrugada do dia de hoje (28). Essa tendência negativa de desvalorização mostrou em alguns momentos os pontos específicos de correção no sentido contrário, no entanto, essa correção não surtiu efeitos tão significativos e gerou apenas uma linha funcional de decrescimento. É possível observar essas tentativas de reversão da tendência ao constatar a presença de diversos candles indicadores, como hammer e doji star, sem falar ainda no sombreamento excessivo das transações, que confirma altos níveis de especulação no mercado, um sinal claro de tentativa de recuperação de preços realizada pelos traders em ação. Apesar disso, é importante ressaltar ainda que as margens de suporte e resistência do BTC apresentam valores acima dos alcançados no início da queda de preços desse mês, sendo essas linhas de segurança um pouco acima das margens estabelecidas entre o dia 24 e 26.


Diante disso, utilizando como referência uma análise de curtíssimo prazo (15 minutos), conseguimos observar um momento de constância dos preços do BTC iniciados nessa semana, com leves alterações nas margens de suporte e resistência, que sinalizam um prevalecimento do cenário atual, sendo possivelmente alcançados valores entre $10.300 e $10.100 com o decorrer do dia.




2 visualizações